EMPREENDER É PLANEJAR

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO.

Já conversou com seu Contador?

Em meio a um mercado altamente competitivo, com cargas tributarias pesadas e divididas em esferas Municipais, Estaduais e Federais, tornou-se extremamente necessária a aproximação Empresário e Contador para viabilizar o estudo de meios legais de reduzir a carga fiscal de uma empresa. É fundamental nesse processo analises profundas da legislação tributária em conjunto à interpretação de fatos administrativos de sua empresa, para poder melhor enquadrar-la no âmbito jurídico, fiscal e econômico, pertinentes ao seu negócio.

Atualmente temos quatro principais regimes de tributação no Brasil: Simples Nacional Lucro real Lucro presumido Lucro arbitrado O simples nacional é uma forma simplificada que unifica o recolhimento de tributos e contribuições, tendo como base de apuração a receita bruta. (Instituído pela lei complementar 123/2006).



A ESCOLHA DO REGIME TRIBUTÁRIO É FUNDAMENTAL PARA O SUCESSO DE UM NEGOCIO.

O EMPREENDEDOR NÃO PODE FUGIR DA CALCULADORA.

Dependendo o caso, tributação sobre LUCRO REAL ou PRESUMIDO pode ser benéfico para os empreendedores menores. De fato, o simples nacional é um regime de tributação aparentemente menos complicado. Mas é preciso parar e calcular antes de aderir a um regime ou outro. Assim como em outras áreas de atuação, empreender exige dedicação de tempo, o empresário não pode achar que ligou um botão automatizando esse setor de sua empresa. Para manter a saúde tributaria de sua empresa é recomendável se possível uma reunião mensal com seu contador, ou no máximo a cada três meses. O empreendedor não pode ficar distante dos assuntos da contabilidade. Com essa proposta de aproximação entre EMPREENDEDOR & CONTABILIDADE...

A RPM Contabilidade coloca a seu dispor profissionais comprometidos em analisar cada empresa em sua individualidade.
Gilmara Kulzer Antunes CRC/RS 83241

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *